O Eu Pele

Espetáculo pocket de dança contemporânea inspirado na primeira noção do eu que se dá no toque, nos primeiros contatos sensoriais na pele.  A coreografia, que une dança e psicanálise, foi criada inicialmente para o elenco do Balé da Cidade de São Paulo, em 2014. Em 2015, foi remontado para o Núcleo Tentáculo.

52920075_1204857753005973_88430452408707
52412135_566271093896280_222525529196828

Coreografia: Lili de Grammont / Trilha Sonora: Ed Côrtes / Figurino: Bruna Fernandes / Iluminação: Raquel Baleckian / Estreia: 2014 – Balé da Cidade de São Paulo / Remontagem: 2016 – Núcleo Tentáculo